Programa de gestão rural é apresentado a Produtores de cana-de-açúcar da Paraíba

Imagina um software que possibilita que o produtor rural tenha total controle de despesas e receitas da propriedade. Isso já existe no mercado e esse programa foi apresentado, nesta segunda-feira (30), aos produtores que integram a Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan).

A apresentação da ferramenta e das vantagens em tê-la disponível foi feita pelo diretor da eAgro, a empresa que representa o software, Raphael Ivan, no mini auditório da entidade.O software que gerencia informações desde mão-de-obra, passando por insumos, maquinários, consumo de energia, combustível, etc, de forma bem detalhada, já está sendo utilizado por 15 produtores canavieiros da Paraíba.

O produtor Pedro Neto, é um dos que já começa a sentir a diferença do uso desta nova ferramenta de gerenciamento da propriedade rural. “Comecei a usar a apenas 40 dias, mas apesar do pouco tempo já notei diferença e a eficiência em relação a apresentação dos números e custos da propriedade, pois a gente consegue identificar onde se está gastando mais ou menos, e a partir daí tem uma melhor percepção de onde podemos corrigir os erros e ainda ter todos os dados da propriedade numa plataforma só”, afirma Pedro. Segundo ele, para tanto, é preciso que o produtor alimente o programa todo dia, com informações das atividades agrícolas. “Eu já senti diferença e comecei com a parte de atividade e despesa com mão-de-obra e insumos e agora já vou começar com a parte de maquinário e já deu para notar a eficiência do software”, reitera ele.

E a Asplan, pensando nos seus associados, partiu na frente e fez uma parceria com a empresa eAgro para que seus associados tenham um valor diferenciado referente a mensalidade de uso do Programa que, neste caso, não é cobrado pelo tamanho da propriedade. “Como o produtor não tem como interferir no preço final do seu produto, temos que fazer nossa parte reduzindo nossos custos e só com números e organização que poderemos saber onde podemos enxugar e reduzir esses custos de produção e nisso, esse Programa parece ser muito eficiente”, destaca o presidente da Associação, José Inácio de Morais, lembrando que o valor de uso do Programa pelos associados ficou bem acessível. Quem tiver interesse, contatar o Departamento Técnico da Asplan (DETEC).