Com sede em Ribeirão Preto (SP), a startup anunciou um time de peso com renomados especialistas em gestão aplicada ao agronegócio

Tem novidade brotando no campo! É a nova plataforma e-Agro que chega unindo gestão, tecnologia e conhecimento, com a simplicidade de que o produtor rural precisa para administrar e potencializar seus negócios. E por falar em conhecimento, a startup que será relançada oficialmente nesta terça-feira (1/11) ganhou quatro novos acionistas. Além do fundador e idealizador da ferramenta, Raphael Ivan, chegaram para reforçar o time o empresário Angelo Palocci, empreendedor e especialista em tecnologia aplicada à gestão, o mestre e agricultor Frederico Lopes da consultoria Markestrat e os professores doutores Marcos Fava Neves e Roberto Fava Scare da FEA/USP – Faculdade de Economia e Administração da Universidade de São Paulo também acionistas da Markestrat, estes últimos compondo o Conselho de Estratégia da empresa.

“Esse é nosso maior diferencial, reunimos um alto nível de conhecimento que nenhuma outra ferramenta oferece. São profissionais altamente especializados no agronegócio, reconhecidos por seus trabalhos, e que agregarão ainda mais credibilidade e expertise à gestão do cliente e-Agro”, afirma Ângelo Palocci, diretor de marketing da e-Agro cuja sede fica em Ribeirão Preto (SP), considerada a capital nacional do agronegócio.

Simplicidade e mobilidade
A e-Agro é uma ferramenta online e completa que pode ser acessada também por tablet ou smartphone. Gera relatórios completos com apenas um clique, descomplica a gestão e facilita a tomada de decisões. Onde o cliente vai a propriedade rural vai junto, na palma da mão, 24 horas por dia e com total suporte técnico.
No novo site da e-Agro o usuário ainda poderá acessar treinamentos, informações qualificadas no blog e terá um canal direto de comunicação por meio do “Fale com um especialista”.

Um dos idealizadores da ferramenta foi, por muitos anos, administrador de fazendas. Ao se tornar agrônomo, passou a prestar consultorias e percebeu que nenhum software que ele conhecia conseguia atender a real necessidade da gestão no campo. Desta necessidade foi criada a plataforma e-Agro, desenvolvida de produtor para produtor”, destaca Palocci.

Mais em menos tempo
Em um levantamento realizado com mais de 300 clientes, a e-Agro apurou que, em média, para cada 100 hectares são necessários apenas 46 minutos por dia de uso da plataforma para realizar todo o controle da propriedade rural. “No restante do tempo o cliente pode investir na produção ou até mesmo passar mais horas com a família. A plataforma e-Agro é exemplo de como a tecnologia pode impulsionar o agronegócio”, finaliza Palocci.